sexta-feira, julho 22, 2011

Dorival Junior é o novo alvo para substituir Falcão


Ao demitir Paulo Roberto Falcão, o presidente Giovanni Luigi tinha um plano dividido em três partes. A última delas não estava bem traçada. Dois dias após mandar embora o técnico, o Inter ainda não achou um substituto. A falta de opções deve fazer com que o elenco embarque para a Alemanha, onde disputa um torneio amistoso na próxima semana, com o interino Osmar Loss. Dorival Junior, do Atlético-MG, é o nome da vez. Cuca vê sua cotação cair a cada instante.

A primeira parte da estratégia do presidente Giovanni Luigi foi a mais fácil de ser executada, mandando Falcão embora junto com o vice de futebol Roberto Siegmann, na segunda-feira. O segundo terço também se concretizou sem muita demora, com o anúncio, terça-feira, de Luis Anápio Gomes como o novo homem do futebol e do ex-jogador Fernandão como diretor técnico.

A etapa final está emperrada. O clube não consegue um novo treinador, o que indica que um profissional desempregado não deverá ser contratado. Cuca, número 1 da lista, barrou na aprovação popular. Pesquisas realizadas por rádios de Porto Alegre apontaram uma rejeição de cerca de 90% ao ex-treinador do Cruzeiro. O não maciço dos colorados assustou os dirigentes que recuaram.

A nova alternativa é Dorival Junior. O problema na negociação é a multa rescisória. O Galo, apesar da campanha abaixo das expectativas no Campeonato Brasileiro, não aceita liberá-lo sem o pagamento da multa rescisória na casa de R$ 1,5 milhão, valor que o Inter não cogita desembolsar para ter um novo treinador.

No momento, Luigi, Anápio e Fernandão não enxergam uma solução próxima para a reta final do plano do presidente. Por enquanto, o Inter seguirá com o interino Osmar Loss.

Nenhum comentário:

Postar um comentário