segunda-feira, janeiro 02, 2012

PEDREIRO CONTA COMO SALVOU TRÊS PESSOAS EM ENXURRADAS

Queria reencontrá-los", diz Charles Pereira da Silva, um pedreiro de 29 anos que viu sua vida mudar rapidamente na sexta-feira (30). Por volta das 18h daquele dia, ele salvou três pessoas, um homem, uma criança e uma mulher, em dois carros que eram arrastados pela Avenida Bernardo Vasconcelos, Região Nordeste de Belo Horizonte. Um grande volume de água e lama cobriu a avenida em poucos minutos, durante um temporal.


Charles contou porque estava na avenida na hora da tempestade. “Eu ia pro shopping e aconteceu isso tudo.





Parece que Deus muda o caminho da gente. Fiquei lá até o momento de ver o rio transbordando. Ficamos eu e um amigo meu vendo o rio enchendo. Aí, como a gente viu os carros todos voltando pra trás, foi um momento de desespero. Por impulso, fomos lá”, contou.
Nas imagens gravadas por Sibelle Tavares e enviadas para o VC no G1, vários carros são arrastados pela enxurrada, no fim da tarde de sexta-feira (30), na Avenida Bernardo Vasconcelos. Em um dos carros, o azul, está um homem, que foi resgatado por Silva. (Veja no vídeo ao lado)
“Eu ‘tava’ vendo o homem do primeiro carro, ele estava indo pro lado do rio. O carro dele estava começando a tombar. O pessoal ficou falando ‘não vai não, não vai não, senão você vai junto com ele, morrer afogado’. E eu falei “ninguém vai, então deixa que eu vou’. Eu pulei por cima do carro e consegui tirar ele”, relata o pedreiro em detalhes.
Depois, em outro vídeo, enviado pelo internauta Marcus Leandro Costa Pereira, com a água ainda subindo, passa um carro prata com uma mulher dentro, também sendo levado pela correnteza. (Veja no vídeo acima) Charles Silva aparece correndo pela calçada para chegar onde o carro está. Ele enfrenta a força da enxurrada e retira uma criança e a mulher que dirigia. Segundo o pedreiro, a criança tinha cerca de um ano e parecia assustada.
“Tinha uma mulher dentro de um carro, depois que eu tirei o rapaz de dentro do primeiro. Ela levantou a criança, eu vi a criança, e ai não teve jeito de não ir. Eu pensei nos chiquinhos que eu tenho em casa. Chiquinhos são meus sobrinhos”, disse Silva, que tem 13 sobrinhos.
O pedreiro ainda disse o que ouviu da mãe, durante o resgate. “A mulher contou que aquele filho era a única esperança que ela tinha. Que eu podia deixar ela, mas levasse o menino. Ela contou que, semanas atrás, tinha tido um acidente na família dela, envolvendo o menino dela, então era a esperança que ela tinha. Ela queria que salvasse só o filho dela” relatou.
Ele diz que tem vontade de reencontrar os três, especialmente a criança. "Eu queria ver o bebezinho. Encontrar a criança, a mãe e o rapaz do primeiro carro. Quem sabe bater um papo, fazer uma amizade. Ia ser muito gratificante para mim", pede.
Charles da Silva se diz orgulhoso de ter salvado as três pessoas. "Fechei meu ano com chave de ouro". Perguntado se faria de novo, Charles não hesita. “Com certeza”, finaliza.FONTE DA NOTICA..TV CONDE

Comentário Blog Wellington Lima.

Como no Brasil damos tanta importâncias e noticias de desastra e muitas as vezes perdemos horas assistindo filme de super heróis de mentira ..E vendo esta reportagem acima vemos que temos heróis de verdades que não pensam na conseqüência de seus atos na hora de salvar uma vida e fazem o que este pedreiro fez para salvar avida destas pessoas e se eu fosse um presidente da republica o levaria no palácio do planalto  e o condecoraria como o herói do ano...Este merece receber  medalha de honra ao mérito.
Parabéns Charles da Silva é como pessoas igual a você que nos faz acada dia mais acredita que a humanidade ainda tem jeito....

Atenciosamente: Wellington  Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário