sábado, março 24, 2012

Caso Thor: ciclista tinha álcool no sangue.

Peritos detectaram álcool no sangue de Wanderson Pereira dos Santos, atropelado pelo filho de Eike Batista

Thor prestou depoimento à polícia do Rio nesta semana / Marcos Arcoverde/AE/Arquivo
Um laudo do IML (Instituto Médico Legal) apontou a presença de álcool no sangue do ciclista Wanderson Pereira dos Santos, de 30 anos, que morreu atropelado pelo filho de Eike Batista, Thor, no último sábado, na Baixada Fluminense.
Foi detectada a concentração de 15,5 decigramas por litro de álcool na vítima em exame feito por peritos do IML.

Thor Batista prestou depoimento nesta semana no Rio de Janeiro e declarou que é inocente. O delegado responsável pelo caso disse que ele só será indiciado se for comprovado que o veículo estava acima da velocidade permitida.

Segundo o colunista Alcemo Gois, no jornal “O Globo”, Thor teria atropelado também um homem de 86 anos, que também seguia de bicicleta na Barra da Tijuca, no dia 27 de maio de 2011.

O caso

Thor Batista se envolveu em um acidente no último dia 17, no Rio de Janeiro. Ele atropelou um ciclista que seguia pela na BR-040, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, às 19h.

Segundo a Polícia Civil, o ajudante de caminhão Wanderson Pereira dos Santos, 30, não resistiu aos ferimentos ao ser atingido pelo carro, dirigido por Thor, acompanhado de um amigo e um segurança.

A lataria do carro ficou amassada, mas o veículo, em nome de Eike Batista, não foi periciado no dia do acidente. O caso foi registrado como homicídio culposo.

Durante a semana, Thor e seu pai afirmaram que o ciclista cruzou a via provocando o acidente. Testemunhas afirmam, no entanto, que ele circulava pelo acostamento.

Na última quarta-feira, o titular do 61º Distrito Policial, Mário Roberto Arruda, que investiga o caso, afirmou que Thor não será indiciado. A polícia aguarda pelo resultado da perícia que pode mostrar a velocidade em que o filho do empresário estava.Fonte da Noticia:Band.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário