segunda-feira, março 19, 2012

Iraquiano viveu 22 anos em buraco com medo de Saddam

Jawad Shammari passou 22 anos em um buraco cavado em sua própria casa. O motivo: pavor de Saddam Hussein, que decretara pena de morte para o iraquiano.
O esconderijo com pouco mais de dois metros de profundidade tinha apenas o básico: um cobertor, alimentos e um exemplar do Corão. A mãe de Jawad o ajudava a se manter.

Com a cabeça a prêmio pelo regime do ditador, Jawad só saiu do buraco em 2003, após a captura de Saddam pelos soldados americanos.

O iraquiano escreveu um livro sobre os anos no "cativeiro Page Not Found
Fonte :Blog do Zequinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário