quinta-feira, março 22, 2012

PF prende dois homens que mantinham site racista

Segundo a polícia, os dois vinham postando mensagens de apologia a crimes de violência contra mulheres, negros, homossexuais, nordestinos e judeus

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quinta-feira (22) Emerson Eduardo Rodrigues e Marcelo Valle Silveira Mello, responsáveis por publicar mensagens com conteúdo discriminatório no site silviokoerich.org. Os dois foram presos em um hotel no centro de Curitiba, durante a Operação Intolerância, deflagrada nesta quinta pela PF, na capital paranaense. Rodrigues mora em Curitiba e Mello, em Brasília.
As investigações foram conduzidas pelo Núcleo de Repressão aos Crimes Cibernéticos, unidade especializada da Polícia Federal. De acordo com o delegado Flúvio Cardinelli, há meses os dois vinham postando no site mensagens de apologia a crimes de violência contra mulheres, negros, homossexuais, nordestinos e judeus, além de incitações a abuso sexual contra crianças.
Além disso, segundo o delegado, há fortes indícios de que os dois teriam contato com Wellington Menezes de Oliveira, que em abril de 2011 atirou em alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro, matando doze pessoas e deixando outras dez feridas. Os acusados publicaram textos no site apoiando o assassinato. Além disso, eles disseram pertencer a uma seita que prega o extermínio de quem “não é fiel à causa”, e teriam tido contato com Oliveira, encorajando-o na ação criminosa no Rio.
O Ministério Público Federal e a organização não governamental SaferNet Brasil receberam, até o dia 14 de março, quase 70 mil denúncias relacionadas ao conteúdo discriminatório do site. Os dois presos vão responder por crimes de incitação e indução à discriminação ou preconceito de raça, por meio de recursos de comunicação social, de incitação à prática de crime e de publicação de fotografia com cena pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Fonte da Noticia:Revista Época

Nenhum comentário:

Postar um comentário