sexta-feira, novembro 09, 2012

“Ele” virou “ela”. Se apaixonou por “ele” que tinha nascido “ela”

Uma história de amor rara. Katie Hill, de 18 anos, passou 15 anos da sua vida como Luke, o filho de um coronel fuzileiro. Três anos atrás, resolveu fazer uma cirurgia para virar menina. Katie foi o primeiro transgênero a se formar no ensino médio na cidade americana de Tulsa, no estado americano do Oklahoma.
Na escola secundária ela conheceu Arin, de 16 anos. Arin, na verdade, nasceu menina e se chamava Emerald. Emerald tinha aulas de balé, participava de concursos de beleza, mas no início da adolescência deu lugar a um menino. Eles se apaixonaram e estão namorando.
Ambos sofreram discriminação, ficaram deprimidos com o preconceito, mas agora estão felizes com a nova identidade sexual. Eles se submeteram a terapia com hormônios e agora estão felizes. "Somos perfeitos um para o outro porque os dois sofremos os mesmos problemas", diz Katie. (vi no The Sun)

Nenhum comentário:

Postar um comentário