terça-feira, junho 04, 2013

MORRE ADOLESCENTE BALEADA POR DELEGADO


Morreu por volta das 20h desta segunda-feira, no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, a adolescente Amanda Linhares, de 17 anos, vítima de tiro na cabeça. A adolescente estava internada em estado grave desde o dia 14 de abril. O crime foi em Ouro Preto e o principal suspeito é ex-namorado e delegado de 40 anos, Geraldo Toledo.

Durante os 51 dias de internação, a vítima passou por várias cirurgias e estava fora de risco de morrer, segundo declaração da mãe, Rubiany Linhares do Santos, de 32 anos, em entrevista à Band há cerca de 20 dias. Outras informações sobre o estado de saúde de Amanda não foram repassadas pela unidade de saúde, uma vez que a família não autorizava detalhes da recuperação. A assessoria de imprensa do Hospital João XXIII não informou a causa da morte e se restringiu a repassar o horário do óbito.

O corpo da adolescente foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e será velado na cidade natal dela, Conselheiro Lafaiete.

O crime

O crime foi registrado no dia 14 de abril em uma estrada que liga Ouro Preto a Lavras Novas, na região Central do Estado, e foi descoberto depois que a vítima foi levada a uma unidade de saúde da cidade pelo próprio suspeito. Ele teria dito aos funcionários do local que a adolescente teria tentado se matar.

Devido à gravidade do ferimento, a jovem foi transferida para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

No dia seguinte ao crime, Geraldo Toledo teve a prisão decretada. Ele está preso Casa de Custódia da Polícia Civil, no bairro Horto, na região Leste da capital.

Toledo também responde a processo administrativo por suspeita de irregularidade no licenciamento de veículos, quando atuava nas delegacias de trânsito de Betim e São Joaquim de Bicas, na Grande BH, e já chegou a ser preso pelo crime em 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário