sábado, junho 08, 2013

Pastor preso por estupro alega ter recebido ordens de Deus para abusar de menina de 13 anos


Ao chegar ao local, o pastor orou por uma das meninas na sala, e depois chamou a vítima para um dos quartos, onde pediu que ela tirasse a roupa

Esse tipo de sem vergonha mancha o nome dos evangélicos e jamais poderia estar sendo chamado de pastor. pior ainda é usando o nome de DEUS para abusar de uma criança.  Esse crápula foi preso em Aracruz, Espírito Santo, sob acusação de estupro de vulnerável, e justificou o ato dizendo que havia recebido ordens de Deus. Rony Gonçalves, 43 anos, fundador da Igreja Assembleia de Deus Ministério Fogo em Terra, abusou sexualmente de uma menina de 13 anos de idade, na última quarta-feira. A vítima frequentava a igreja liderada por ele.
Segundo relatos dos familiares, o pastor ligou às 7h40 da manhã para a mãe da garota dizendo que estava a caminho de sua casa para orar por seus filhos. De acordo com informações do site A Gazeta, a mulher teria pedido que o pastor retornasse apenas às 15h00, pois ela já havia saído de casa para trabalhar, deixando os três filhos e uma sobrinha sozinhos. O pastor ignorou o pedido e ao chegar ao local, orou por uma das meninas na sala, e depois chamou a vítima para um dos quartos, onde pediu que ela tirasse a roupa. De acordo com a vítima, Rony Gonçalves colocou um pano sobre o corpo dela e a tocou no órgão genital. Assustada, a menina começou a chorar, o que levou o pastor a desistir do abuso.
A menina resolveu contar o fato a um conhecido da família que passou pela residência. Ciente do ocorrido, ele se dirigiu ao local de trabalho da mãe e relatou o abuso. Quando soube do fato, o padrasto acionou a Polícia Militar. O pastor foi preso quando retornou à casa da vítima, alegando que queria justificar sua atitude. A delegada Amanda da Silva Barbosa o autuou em flagrante por estupro de vulnerável e o encaminhou para o Centro de Detenção Provisória de Aracruz.Com informações de :Oseias MIranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário