domingo, setembro 28, 2014

Cinco passos para escolher melhor seu candidato nas eleições!!

Voto consciente

Por meio da internet, é possível driblar os discursos e investigar o perfil dos concorrentes a um cargo público

Cinco passos para escolher melhor seu candidato nas eleições Arte ZH/RBS
Foto: Arte ZH / RBS
Com a campanha eleitoral ganhando força, os candidatos nas eleições de 2014 têm a oportunidade de dizer o que bem entendem aos eleitores. Mas os eleitores têm um número cada vez maior de ferramentas para tomar conhecimento, também, daquilo que os pretendentes a um cargo público nem sempre querem que venha a público.
Com um computador, tablet ou smartphone conectado à internet, é possível descobrir informações fundamentais para escolher melhor um candidato: qual sua trajetória profissional, se tem histórico de má gestão do dinheiro público, se foi um parlamentar ausente ou influente, entre outros dados considerados prioritários por cientistas políticos e especialistas em administração pública.
Por meio de um roteiro de cinco perguntas simples (veja abaixo) e um pouco de paciência para percorrer alguns sites, o eleitor pode driblar as promessas dos candidatos e conferir se o discurso coincide com a prática. A conferência maisimportante, segundo a coordenadora da ONG Transparência Brasil, Natália Paiva, envolve a vida pregressa dos concorrentes.
— Os candidatos a cargos como presidente, governador, quase sempre já ocuparam cargo público e já tiveram chance de fazer malversação do dinheiro público. É possível conferir se paira alguma dúvida sobre eles traduzida na forma de processos ou condenações — orienta Natália.
Para facilitar essa busca, a ONG lançou um novo site chamado Quem Quer Virar Excelência, que complementa o projeto Excelências na oferta de informações sobre políticos de todo o país. Esse novo recurso oferece informações pessoais, sobre eventuais processos e, nos casos de candidatos parlamentares, a respeito do desempenho no Congresso como percentual de faltas, emendas aprovadas, histórico de votações e até a proporção de projetos irrelevantes apresentados.
— Uma coisa que dificulta um pouco esse tipo de pesquisa é o elevado número de candidatos, como no caso da eleição para deputado. Mas é fundamental verificar se o candidato é honesto e não caiu de paraquedas na vida pública — avalia o cientista político Benedito Tadeu César.
Confira, a seguir, algumas maneiras de checar as credenciais do seu possível candidato.
1. QUEM É O CANDIDATO?
Uma das primeiras providências do eleitor consciente, claro, é saber o mínimo necessário a respeito de seu possível candidato. Uma serviço de buscaqualquer, como o Google, já pode fornecer informações importantes. Mas há alguns sites específicos capazes de trazer dados mais detalhados, desde profissão, idade e escolaridade até um resumo de sua história política. Confira alguns deles:
Informações sobre todos os candidatos que concorrem às eleições de 2014, como bens declarados e participação em pleitos passados. Candidatos a presidente, governador, em exercício no Senado ou na Câmara contam dados mais detalhados, como resumo da carreira política.
Como pesquisar: a página principal permite pesquisa por nome ou mediante seleção de Estado, cargo e partido.
Informações sobre parlamentares em exercício na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Traz dados pessoais, cargos relevantes, histórico de filiações partidárias e candidaturas, atividade legislativa e eventuais ocorrências em tribunais.
Como pesquisar: na página principal, digitando o nome do parlamentar ou selecionando "Câmara dos Deputados" ou "Senado Federal" em um campo à direita na tela.
Apresenta informações sobre bens, propostas de governo (candidatos a presidente e governador), prestação de conta de eleições anteriores, entre outros dados dos candidatos.
Como pesquisar: na página principal, clicar no banner "DivulgaCand" e, em seguida, no link "DivulgaCand". Pode-se pesquisar por Estado e cargo disputado.
2. ESTÁ ENVOLVIDO EM SUSPEITAS DE IRREGULARIDADE?
Este item é considerado prioritário por especialistas como a coordenadora da ONG Transparência Brasil, Natália Paiva. Políticos com histórico de mau uso do dinheiro público ou envolvimento em outros tipos de crime devem ser vistos com ressalvas pelos eleitores. Pela internet, é possível verificar se há processos contra candidatos a um cargo público e, na maior parte dos casos, até consultá-los. Deve-se lembrar que o fato de ser réu em um processo não significa que a culpa esteja comprovada.
O site apresenta eventuais ocorrências registradas na Justiça e Tribunais de Contas envolvendo candidatos a presidente e governador ou em exercício no Senado ou na Câmara. Geralmente, há um resumo do processo e um link para consulta ao documento original.
Como pesquisar: após selecionar o candidato, consultar o campo "Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas" à direita na tela. Também é possível selecionar todos os candidatos a um determinado cargo e verificar quais têm pendências com a lei.
O site do TSE apresenta reproduções de certidões criminais e cíveis dos candidatos.
Como pesquisar: após clicar no banner "DivulgaCand" e escolher o candidato, selecionar a aba "certidões".
3. QUEM O FINANCIA?
Essa é uma informação muitas vezes desconhecida pelo eleitorado, mas pode fornecer pistas importantes sobre o candidato e seu perfil de atuação. Se ele se diz defensor do ambiente mas costuma ser apoiado por empresas com histórico de agressão à natureza, por exemplo, isso pode servir de alerta.
Vinculado à Transparência Brasil, o site Às Claras apresenta as prestações de conta de campanha desde 2002 até o pleito passado. Permite, ainda, aplicar correção monetária para atualizar todos os valores.
Como pesquisar: é possível digitar o nome de um candidato ou de um doador na página principal, ou fazer buscas por cargo, Estado, partido, ano e município.
O site permite pesquisar, além das eleições passadas, as prestações de conta parciais do pleito atual.
Como pesquisar: para verificar a prestação parcial de contas desta eleição, no campo "Destaque" clique em "Divulgação da prestação de contas da 1ª parcial". Depois selecione "Acesse o sistema" e pesquise por candidato ou doador.
4. COMO FOI SUA ATUAÇÃO PARLAMENTAR?
Em muitos casos, os candidatos a um cargo nestas eleições já cumprem mandato como deputado estadual, federal ou senador. Nesse caso, os registros sobre a performance do parlamentar formam um manancial de informações preciosas para avaliar melhor o candidato – é possível monitorar seu percentual de faltas ao trabalho, os projetos que ele apresentou ou apoiou, e até a proporção de matérias irrelevantes que ele defendeu, isto é, se usou tempo e dinheiro públicos para projetos de pouco ou nenhum impacto social. Um mau parlamentar não deveria seguir se elegendo.
O site oferece recursos muito práticos para avaliar o desempenho de parlamentares na Câmara e no Congresso. Gráficos comparam a atividade do político com a média da casa onde ele atua, em itens como faltas, emendas atendidas, variação de bens e até o percentual de proposições irrelevantes (homenagens, datas comemorativas etc.), além de uso da cota parlamentar e histórico de votações.
Como pesquisar: na página principal, digitando o nome do parlamentar ou selecionando "Câmara dos Deputados" ou "Senado Federal" em um campo à direita na tela.
Fornece informações sobre deputados federais, como presença em plenário, posicionamento em votações, proposições feitas, entre outros relatórios da atividade parlamentar.
Como pesquisar: na aba "Deputados", acesse "Conheça os Deputados" e selecione o tipo de informação desejada.
Oferece dados sobre senadores. É possível ver informações como posicionamento em votações e, em um campo à direita, gastos com verbas indenizatória, proposições e pronunciamentos, por exemplo.
Como pesquisar: entrar na aba "Senadores", selecione o nome do político desejado e a informação pretendida.
Permite pesquisar atividade dos deputados estaduais. Na página de cada parlamentar, há links para conferir pronunciamentos, proposições, votos, presenças e gastos.
Como pesquisar: selecione o nome do deputado na página principal e escolha o tipo de informação desejado.
5. QUAIS SÃO AS SUAS PROPOSTAS?
Se o candidato passou pelos filtros anteriores, ou seja, não tem envolvimento conhecido com ilegalidades, se registra uma história política meritória, um bom desempenho em cargos públicos eventualmente já ocupados, pode ter suas propostas levadas a sério. É mais fácil verificar os projetos dos candidatos a presidente e governador (veja abaixo), mas concorrentes a outros cargos também costumam lançar suas ideias em materiais de campanha e pela internet. Vale procurar.
O site traz os programas de governo apresentados por candidatos a presidente e a governador, facilitando a busca dessas informações.
Como pesquisar: na página principal, clicar no banner "DivulgaCand" e, em seguida, no link "DivulgaCand". Após selecionar o candidato a presidente ou governador, selecionar a aba "Propostas de governo".
Artigo de Marcelo Gonzatto

Nenhum comentário:

Postar um comentário