quinta-feira, junho 04, 2015

Liderar é inspirar a equipe a crescer e agir por conta própria


Empreendedores muitas vezes são definidos como líderes evice-versa. Na verdade, nem todo empreendedor tem na liderança a sua principal virtude. Mas aqueles que conhecem e sabem exercer a liderança sobre uma equipe conseguem montar um time também de empreendedores, multiplicando os talentos por toda a organização.
Liderar não é chefiar, mandar fazer ou dizer o que está errado. Liderar é inspirar a equipe a crescer e agir por conta própria até se sentir segura e poder decidir o que deve ser feito na empresa.
O líder é aquele que vislumbra um dia não ser mais necessário, pois assim terá deixado seu legado e a empresa terá conseguido sobreviver à mudança de comando. Líderes inspiradores são pessoas talentosas que mostram aos outros como o trabalho e a atitude corretos podem trazer resultados pessoais e profissionais.
Quando observamos o presente, há a impressão que vivemos em uma época na qual carecemos de grandes líderes inspiradores (não me refiro apenas ao mundo empresarial). Com o passar dos anos é que compreendemos melhor os personagens que se tornaram grandes líderes.
Mesmo assim, ao observar o mundo empresarial, seja no ambiente de pequenas ou grandes empresas, parece que todo mundo tenta desesperadamente conseguir um lugar ao sol por conta própria sem ter seus modelos de referência para seguir, se inspirar e aprender.
Mas, se você conversar com pessoas mais experientes sobre o tema liderança que já tenham passado por dilemas profissionais durante a carreira, terá a oportunidade de ouvir, entender e aprender sobre como os líderes são forjados.
Muitas pessoas buscam posições de destaque nas organizações onde trabalham ou se dedicam ao próprio negócio e com isso acreditam que já podem ser consideraras líderes, mas não é bem assim. Você não se considera líder, seus pares e/ou subordinados e até mesmo os superiores é que lhe atribuem tal papel.
Você pode até fazer cursos e treinamentos para conhecer e desenvolver sua liderança, mas o mais importante é praticá-la. Se você está empreendendo o próprio negócio, perceberá se estará fazendo a coisa certa quando a empresa e os seus funcionários souberem o que devem fazer e como fazer, sem a necessidade de você mandar fazer.
Mais que isso, perceberá que a empresa tem uma cultura formada e que as pessoas trabalham em consonância com a cultura corporativa moldada inicialmente por você, o responsável por inspirar todos a seguirem em frente dentro de princípios e valores entendidos e praticados por toda a equipe.
Este texto foi escrito com base no livro "Seja dono do próprio nariz".

Nenhum comentário:

Postar um comentário