domingo, novembro 01, 2015

NUNCA PARE DE LUTAR,NUNCA!!

Perdas, tristeza, falta de esperança e de fé, depressão, vontade de morrer, vidas destruídas... Infelizmente, essas coisas têm sido comuns na vida de muitas pessoas. Para aonde quer que a gente vá, nós encontramos pessoas cansadas de tentar, de acreditar, de lutar. Elas parecem ter sido nocauteadas pelas circunstâncias.

Sim, é muito triste. E mais triste ainda é saber que a maioria delas não sabem como encontrar uma saída. Deus também se entristece com essa situação, pois Ele não nos criou para vivermos dessa forma. Seu plano para as nossas vidas era muito diferente! Quando Deus nos criou, Ele nos fez para vivermos em plena comunhão, em paz, alegria e santidade, porém, esse plano foi interrompido pelo pecado e hoje todos nós vivemos a consequência desse erro. A Bíblia diz: "Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus" (Romanos 3:23).

Como o homem preferiu o pecado do que presença de Deus, o Senhor poderia ter nos abandonado e deixado com que sofrêssemos as consequências disso, no entanto, Ele não desiste de nós. Ele sabia que não suportaríamos viver sozinhos e por causa do Seu infinito amor, Ele enviou o Seu Filho Jesus para carregar a culpa dos nossos pecados na cruz e com isso, nos oferecer a chance de reconciliação. Veja:

"Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus. Este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram as trevas, e não a luz, porque as suas obras eram más" (João 3:16-19).

Como você leu acima, Deus enviou a saída para os problemas da humanidade, mas ainda assim, o ser humano rejeita esta grande oportunidade. A maioria das pessoas não querem aceitar o que Cristo fez por elas na cruz e se arrependerem dos seus pecados. Elas não estão dispostas a abrir mão da sua própria vontade para fazer fazer a vontade de Deus. Eu entendo que não é nada fácil fazer isso, mas é preciso! Pois se não confiarmos no Único que pode nos ajudar, como vamos sair dessa situação? Devemos ser como o profeta Miquéias que, no momento mais difícil de sua vida, decidiu olhar para Deus:

"Mas, quanto a mim, ficarei atento ao Senhor, esperando em Deus, o meu Salvador, pois o meu Deus me ouvirá. Não se alegre a minha inimiga com a minha desgraça. Embora eu tenha caído, eu me levantarei. Embora eu esteja morando nas trevas, o Senhor será a minha luz" (Miquéias 7:7,8).

Passar por momentos de luta é inevitável, porém, o que precisamos ter em mente é que esses momentos vêm antes dos dias de alegria. Nenhum exército pode celebrar a vitória em uma batalha sem antes ter lutado nela. E quando Jesus é a nossa luz no momento de escuridão, existe esperança, consolo, sabedoria, paciência. Tudo se torna mais leve, pois é o próprio Senhor quem carrega o nosso fardo quando tudo fica pesado demais.

"Ouça, ó Israel. Hoje vocês vão lutar contra os inimigos. Não se desanimem nem tenham medo; não fiquem apavorados nem aterrorizados por causa deles, pois o Senhor, o seu Deus, os acompanhará e lutará por vocês contra os inimigos, para lhes dar a vitória" (Deuteronômio 20:3,4).

Por isso não podemos nos entregar no momento de dor luta, tampouco nos revoltar contra Deus, achando que Ele não se importa conosco, pois Ele é quem mais se entristece com a nossa situação. Então, levante sua cabeça e olhe para o céu, pois a promessa do Senhor para você é essa: "Pois ainda que o justo caia sete vezes, tornará a erguer-se, mas os ímpios são arrastados pela calamidade" (Provérbios 24:16). 

Nenhuma luta, por mais dura que seja, durará para sempre. Embora esses momentos pareçam nunca terem fim, a Palavra nos garante que eles vão passar. "O choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria" (Salmos 30:5). 

"O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido. O justo passa por muitas adversidades, mas o Senhor o livra de todas" (Salmos 34:18,19).

Como um Pai, Deus quer enfrentar essas lutas junto conosco. Ele garante a vitória àqueles que se mantêm fiel durante a provação. Por isso, meu irmão e irmão, nunca pare de lutar! Se a sua vitória ainda não chegou, continue firme em oração, apegue-se a Jesus e lute, pois "...grande é a recompensa de vocês nos céus" (Mateus 5:12).


Nenhum comentário:

Postar um comentário